Percepção sobre abandono afetivo em idoso institucionalizado

Autores

  • Lucas André Eyng
  • Adelmo Fernandes do Espírito Santo Neto
  • Reginalda Maciel
  • Flaviane Mello Lazarini

Palavras-chave:

Saúde do idoso institucionalizado, Abandono de idosos, Saúde da pessoa idosa, Enfermagem geriátrica, Família

Resumo

Objetivo: Compreender a percepção dos idosos institucionalizados quanto ao abandono afetivo por parte de seus familiares. Método: Trata-se de um estudo exploratório, com abordagem qualitativa. Conduzido por meio de entrevistas semiestruturadas. A organização e análise dos dados foram baseadas na técnica de Minayo. O estudo foi realizado em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos, localizada em uma cidade do nordeste de Santa Catarina. Resultados: Participaram do estudo nove idosos, com idades entre 60 e 89 anos, com diferentes estados civis (viúvos, casados e divorciados), variando sua escolaridade do nível básico ao superior, além de serem aposentados ou pensionistas. Foram identificadas quatro categorias analíticas: (1) vivência na instituição, (2) motivos para a institucionalização, (3) relacionamento familiar e (4) percepção do abandono familiar. Conclusão: alguns idosos enfatizaram sentir-se esquecidos na instituição, o que os deixa tristes e deprimidos. É crucial para a prática de a enfermagem compreender a realidade dos idosos nas Instituições de Longa Permanência, pois essa compreensão está diretamente ligada à prestação de cuidados em todos os níveis de assistência à saúde

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

Brasil. Presidência da República. Lei nº 14.423, de 22 de julho de 2022. Altera a Lei nº 10.741, de 1º de outubro de 2003, para substituir, em toda a Lei, as expressões “idoso” e “idosos” pelas expressões “pessoa idosa” e “pessoas idosas”, respectivamente. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2019-2022/2022/Lei/L14423.htm Acesso em: 07 mar. 2023.

IBGE. Projeção da população. Ibge.gov.br. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/apps/populacao/projecao/index.html. Acesso em: 5 dez. 2022.

JOINVILLE. Secretaria de Assistência Social. DIAGNÓSTICO SOCIAL DA PESSOA IDOSA EM JOINVILLE: Indicadores do Perfil Demográfico, Socioeconômico e dos Direitos Fundamentais da Pessoa Idosa. Vol. 1, Ed. 1. Joinville, 2021. Disponível em: https://diagnosticossociais.com.br/assets/jlle-idosos/p1.pdf. Acesso em: 19 nov. 2023.

Karam AL. O abandono afetivo de idosos por seus filhos e a indenização por danos morais. Artigo apresentado ao curso de Direito de Família, Registros Públicos e Sucessões – ESMP (Escola Superior do Ministério Público), 2020.

Camarano AA, Mello JL. Introdução. In: Camarano AA, organizador. Cuidados de longa duração para a população idosa: um novo risco social a ser assumido? [Internet]; Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA); 2010. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/livros/livro_cuidados.pdf

Minayo MCS. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 14. Ed. São Paulo: Hucitec Editora, 2014.

Souza VR, Marziale MH, Silva GT, Nascimento PL. Tradução e validação para a língua portuguesa e avaliação do guia COREQ. Acta Paul Enferm. 2021;34:eAPE02631. DOI http://dx.doi.org/10.37689/actaape/2021AO02631

Scherrer Jr G, Okuno MFP, Oliveira LM, Barbosa DA, Alonso AC, Fram DS, et al. Quality of life of institutionalized aged with and without symptoms of depression. Rev Bras Enferm. 2019;72(Suppl 2):127-33. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2018-0316

Sousa LS, Pontes ML, Pereira RR, Leite MA, Nova FA, Monteiro EA. Transição do idoso do hospital para o domicílio na perspectiva do cuidador/idoso: revisão de escopo. Acta Paul Enferm. 2023;36:eAPE03631. DOI: http://dx.doi.org/10.37689/acta-ape/2023AR03631

Bigatello CS, Sobral LT, Canedo JL, Pereira MC. Idosos institucionalizados: uma perspectiva de vida ou abandono? Rev Multidiscipl Nordeste Mineiro – Unipac. 2018 Dec;340.

Salgueiro CDBL, Dias CM. Envelhecer em instituição de longa permanência para idosos: estudo sobre a perspectiva aging in place. Enfermagem Brasil. 2022 Sep 25;21(4):495-509. DOI: http://dx.doi.org/10.33233/eb.v21i4.5142.

Santos NO, Beuter M, Girardon-Perlini NMO, Timm AMB, Pauletto MR, Nishijima RB. Implicações da participação da família no cuidado às idosas institucionalizadas. Rev Enferm UFSM. 2019;vol ex:1-18. DOI: 10.5902/2179769230317

Garland A, et al. BABEL (Better outcomes for frail Elderly patients) advance care planning: a comprehensive approach to advance care planning in nursing homes: a cluster randomised trial, Age Ageing. 2022 Mar;51(3):afac049. DOI: 10.1093/ageing/afac049

Wang K, Wong ELY, Lai AHY, et al. Preference of caregivers on residential care homes for older persons with versus without communication problems: a discrete choice experiment. BMC Geriatr. 2022;22(1):411. DOI: 10.1186/s12877-022-03073-9

Gama, GCM. Pessoa idosa no direito de família. In: GAMA, Guilherme Calmon Nogueira da. (coord.). Direitos da Personalidade da Pessoa Idosa. Curitiba: Editora Appris, 2019.

Ecarnot F, Sanchez S, et al. Defining Your “Life Territory”: The Meaning of Place and Home for Community Dwellers and Nursing Home Residents—A Qualitative Study in Four European Countries. Int J Environ Res Public Health. 2022;19:517. DOI: 10.3390/ijerph19010517

Fermentão CAGR, Thomazini MC, Baldasi MVS. A institucionalização do idoso em decorrência do abandono familiar: o envelhecimento populacional e a precariedade do acolhimento estatal. Rev Direitos Sociais e Políticas Públicas (UNIFAFIBE). 2022;10(2).

Melchiorre MG, D’Amen B, Quattrini S, Lamura G, Socci MC. Caring for Frail Older People Living Alone in Italy: Future Housing Solutions and Responsibilities of Family and Public Services, a Qualitative Study. Int J Environ Res Public Health. 2022;19:7413. DOI: 10.3390/ijerph19127413

Mafra J. Abandono familiar de idosos institucionalizados Trabalho de Conclusão de Curso apresentado ao Departamento de Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina como requisito parcial para a obtenção do título de Bacharel em Serviço Social. Florianópolis, 2018.

Amonkar P, Mankar MJ, Thatkar P, Sawardekar P, Goel R, Anjenaya S. A Comparative Study of Health Status and Quality of Life of Elderly People Living in Old Age Homes and within Family Setup in Raigad District, Maharashtra. Indian J Community Med. 2018 Jan-Mar;43(1):10-13. DOI: 10.4103/ijcm.IJCM_301_16. PMID: 29531431.

Publicado

2024-01-08

Como Citar

Percepção sobre abandono afetivo em idoso institucionalizado. (2024). Revista De Divulgação Científica Sena Aires, 13(1), 147-156. https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/revisa/article/view/482

Artigos Semelhantes

1-10 de 88

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.