Proposta de impressão em 3-D de ossos de pessoas idosas vitimadas de fratura: Considerações preliminares

Autores

  • Guilherme de Paula Stortti Meirelles
  • Sarah Valadares Bomtempo
  • Fabrício Werner Brenneke Martins
  • Cassiana Marinho Melo
  • Linconl Agudo Oliveira Benito
  • Izabel Cristina Rodrigues da Silva

Palavras-chave:

Impressão 3D, Idoso, Fratura

Resumo

No ano de 1984, foi criada a primeira impressora do tipo 3-D pelo engenheiro de origem norte-americana, Dr. Charles Hull, sendo que, antes disso, mais especificamente a quatro (04) anos, o japonês Dr. Hideo Kodama, desenvolveu a técnica de estereolitografia, que consistia em uma prototipagem rápida, possuindo enquanto intuito, “criar” objetos usando para este intento, luz ultravioleta (UV), ou ainda, um projetor para endurecer uma resina do tipo líquida em plástico sólido e resistente, ficando posteriormente conhecida como a sigla SLA.1,2 Após dois (02) anos, em 1986, Hull patenteou a SLA e, com isso, ele teve a oportunidade de desenvolver a “3-D Systems Corp”, presente até hoje, sendo está uma das maiores empresas do ramo e, desta forma, o primeiro objeto então escolhido pelo Dr. Hull para ser impresso, foi uma lâmpada feita com resina, um plástico sintético.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

Wohlers T, Gornet T, Mostow N, Campbell I, Diegel O, Kowen J, et al. History of Additive Manufacturing. Wohlers Report 2016-2022, Doi: http://dx.doi.org/10.2139/ssrn. 4474824.

Stoof D, Pickering K. 3D Printing of Natural Fibre Reinforced Recycled Polypropylene. Available in: [https://researchcommons.waikato.ac.nz/ bitstream/handle/10289/11095/ 3D.pdf?isAllowed=y&sequence=8]. Access at: 02 oct 2023.

Cunico MW. Impressoras 3-D: O novo meio produtivo. Concep3D Pesquisas Científicas. Curitiba, 2018. 114p.

Silva AL. Impressão 3-D: Análise da evolução e seus impactos no mundo científico. Rev. FSA. 2021; 18(11):124–144. Doi: http://dx.doi.org/10.12819 /2021.18.11.6.

Calignano F, et al. Overview on additive manufacturing technologies. Proceedings of the IEEE. 2017;105(4):593-612. Doi: 10.1109/JPROC.2016.2625098.

R3DY. Quando surgiu a impressão 3D. Disponível em: [https://www.r3dy.com.br/historia-da-impressao-3d/]. Acesso em: 25 mar. 2023.

Pou J, Riveiro A, Davim JP. Additive manufacturing: Handbooks in advanced manufacturing. Elsevier, 2021. 741p.

Dodziuk H. Applications of 3D printing in healthcare. Kardiochirurgia i torakochirurgia polska. 2016;13(3): 283–293. Doi: 10.5114/kitp.2016.62625.

Roskam J, Lan CTE. Airplane aerodynamics and performance. DARcorporation: Kansas, 2003. 711p.

Ondrusch B. Como funciona uma impressora 3D FDM? Disponível em: [https://www.wishbox.net.br/blog/como-funciona-uma-impressora-3d-fdm/ ]. Acesso em: 20 mar. 2023.

Revilla‐León M, Özcan M. Additive manufacturing technologies used for processing polymers: current status and potential application in prosthetic dentistry. J Prosthodont. 2019;28(2):146-158. Doi: 10.1111/jopr.12801.

Bogue R. 3D printing: the dawn of a new era in manufacturing? Assembly Automation.2013;33(4):307–311. Doi: 10.1108/AA-06-2013-055.

Huang SH, Liu P, Mokasdar A, Hou L. Additive manufacturing and its societal impact: a literature review. Int J Adv Manuf Technol. 2013;67:1191–1203. Doi: 10.1007/s00170-012-4558-5.

Gorni AA. Introdução à prototipagem rápida e seus processos. Revista Plástico Industrial. 2001. 230-239. Disponível em: [http://www.gorni.eng.br/ protrap. html]. Acesso em: 03 out. 2023.

Rodrigues LFB. Análise do aproveitamento de polímeros recicláveis para obtenção de filamentos para impressora 3D. Monografia (Especialização Eficiência Energética Aplicada aos Processos Produtivos) – Centro de Tecnologia, Universidade Aberta do Brasil, Universidade Federal de Santa Maria. Panambi, Rio Grande do Sul. 2017. 43p.

Mazzoli A. Selective laser sintering in biomedical engineering. Med Biol Eng Comput. 2013;51:245–256. Doi: https://doi.org/10.1007/s11517-012-1001-x.

Grimm T. User's guide to rapid prototyping. Society of Manufacturing Engineers, 2004. 404p.

Silva PC, et al. impressão 3D: um guia prático. Brazilian Journal of Development. 2020;6(11):84478–84493. Doi: https://doi.org/10.34117/bjdv6 n11-021.

Veit DR. Impactos da manufatura aditiva nos sistemas produtivos e suas repercussões nos critérios competitivos. 2018. Tese - (Doutorado em Engenharia de Produção) - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, São Leopoldo, 2018. 350p.

Wong KV, Hernandez A. A review of additive manufacturing. International Scholarly Research Network, ISRN Mechanical Engineering. 2012;1-10. Doi: https://doi.org/10.5402/2012/208760.

Raulino BR. Manufatura aditiva: desenvolvimento de uma máquina de prototipagem rápida baseada na tecnologia FDM (modelagem por fusão e deposição). 2011. 142f., il. Monografia (Bacharelado em Engenharia Mecatrônica)—Universidade de Brasília, Brasília, 2011.

Volpato N. Prototipagem rápida: tecnologias e aplicações. Blucher, 2007. 272p.

. Bertol LS, Júnior W, Silva F, Aumund-Kopp C. Medical design: Direct metal laser sintering of Ti–6Al–4V. Materials & Design.2010;31(8): 3982-3988. Doi: 10.1016/j.matdes.2010.02.050.

Zein I, Hutmacher DW, Tanc KC, Teoh SH. Fused deposition modeling of novel scaffold architectures for tissue engineering applications. Biomaterials. 2002;23(4):1169-1185. Doi: https://doi.org/10.1016/S0142-9612(01)00232-0.

Domrösea R, Grünbergerb T. Lasers in Manufacturing Conference 2015. Identification of process phenomena in DMLS by optical in-process monitoring. 2015. 7p. Available in: [https://translate.google.com/?sl=pt&tl=en&text=Dispo n%C3%ADvel%20em%20&op=translate]. Access at: 03 oct. 2023.

Verma A, Tyagi S, Yang K. Modeling and optimization of direct metal laser sintering process. Int J Adv Manuf Technol. 2015;77:847-860. Doi: https://doi.org/10.1007/s00170-014-6443-x.

Esperto L, Osório A. Rapid tooling: sinterização directa por laser de metais. Mecânica Experimental. 2008;15:117-124.

Gregolin RF. Desenvolvimento, comportamento mecânico e microestrutural de uma prótese mandibular em liga de titânio produzida por sinterização direta a laser de metal (DMLS). 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira, 2013.

Guillemot F, Mironov V, Nakamura M. Bioprinting is coming of age: report from the International Conference on Bioprinting and Biofabrication in Bordeaux (3B’09). Biofabrication. 2010;2(1):010201. Doi: 10.1088/1758-5082/2/1/010201.

Ishengoma FR, et al. 3D printing: Developing countries perspectives. International Journal of Computer Applications. 2014;104(11):30-34. Doi: 10.5120/18249-9329.

Cunha D, et al. 14° Congresso Brasileiro de Polímeros. Morfologia e viabilidade celular de scaffolds fabricados por manufatura aditiva. 2017. 5p. Disponível em: [https://repositorio.usp.br/ directbitstream/c29c1932-be15-4a5b-85d5-04c058105826/OK___trabalho%2008 %20-%20Morfol]. Acesso em: 04 out. 2023.

Ozbolat IT, Yu Y. Bioprinting toward organ fabrication: challenges and future trends. IEEE Transactions on Biomedical Engineering. 2013;60(3):691-699. Doi: 10.1109/TBME.2013.2243912.

Rankin TM, et al. Image once, print thrice? Three-dimensional printing of replacement parts. Br J Radiol. 2018;91(1083):20170374. Doi: 10.1259/bjr.2017 0374.

Thorburn C, et al. Three-dimensional printing for assessment of paravalvular leak in transcatheter aortic valve implantation. J Cardiothorac Surg. 2020;15(211):1-5. Doi: https://doi.org/10.1186/s13019-020-01255-3.

Arndt ÂBM, Telles JL, Kowalski SC. O custo direto da fratura de fêmur por quedas em pessoas idosas: análise no setor privado de saúde na cidade de Brasília, 2009. Rev bras geriatr gerontol. 2011;14(2):221–231. Doi: https://doi.org/10.1590/S1809-98232011000200004.

Ferreira LCV, Anastácio R, Milagre ST. XXIV Congresso Brasileiro de Engenharia Biomédica (CBEB 2014). Estudo comparativo de efetividade e custo das próteses de ATQ utilizando UHMWPE e cabeça femoral de metal e UHMWPE tipo cross-link e cabeça femoral de cerâmica. 2014. 4p. Disponível em: [https://www.canal6.com.br/cbeb/2014/artigos/cbeb2014_submission_342.pdf]. Acesso em: 05 out 2023.

Organização Mundial da Saúde. Envelhecimento ativo: uma política de saúde. Brasília: OPAS, 2005. 60p.

Zheng W, et al. The feasibility of 3D printing technology on the treatment of pilon fracture and its effect on doctor-patient communication. Biomed Res Int. 2018.2018:8054698. Doi: 10.1155/2018/8054698.

Lindman BR, Dweck MR, Lancellotti P, Généreux P, Piérard LA, O'Gara PT, Bonow RO. Management of asymptomatic severe aortic stenosis: Evolving concepts in timing of valve replacement. JACC Cardiovascular Imaging. 2020; 13(2 Pt 1);481–493. Doi: https://doi.org/10.1016/j.jcmg.2019.01.036.

Milano EG, Capelli C, Wray J, Biffi B, Layton S, Lee M, Caputo M, Taylor AM, Schievano S, Biglino G. Current and future applications of 3D printing in congenital cardiology and cardiac surgery. Br J Radiol. 2019;92(1094):20180389. Doi: 10.1259/bjr.20180389.

Soares DS, Mello LM de, Silva AS da, Martinez EZ, Nunes AA. Fraturas de fêmur em idosos no Brasil: análise espaço-temporal de 2008 a 2012. Cad Saúde Pública. 2014;30(12):2669–2678. Doi: https://doi.org/10.1590/0102-311X002181 13.

Biolife4D. Available in: [https://biolife4d.com/]. Access at: 05 oct. 2023.

Silva JCA, Ribeiro MDA, Silva LN, Pinheiro HA, Bezerra LMA, Oliveira SB. Fraturas de fêmur em idosos nas diferentes regiões do Brasil de 2015 a 2020: análise dos custos, tempo de internação e total de óbitos. Rev Pesqui Fisioter. 2021;11(4):798-806. Doi: http://dx.doi.org/10.17267/2238-2704rpf.v11i4.4168.

Amazon.com.br. Impressora 3-D. Disponível em: [https://www.amazon. com.br/s?k=impressora+3d&__mk_pt_BR=%C3%85M%C3%85%C5%BD%C3 %95% C3%91&crid=3AC62LY9JSM1J&sprefix=impressora+3d%2Caps%2C3 90 &ref=nb_sb_noss_1]. Acesso em: 4 abr. 2023.

Markets and Markets. Home. Press Releases. 3D Printing Industry worth $34.5 billion by 2028. Available in: [https://www.marketsandmarkets.com/ Press Releases/3d-printing.asp]. Access at: 25 dez 2023.

Matozinhos I, et al. Impressão 3D: Inovações no campo da medicina. Revista Interdisciplinar Ciências Médicas.2017;1(1):143–162.

Mourav G, et al. Usos e aplicações da impressão 3d: das indústrias aos lares. Cadernos de Estudos Interdisciplinares. 2023;5(1):31–36.

Beaglehole R, Yach D. Globalisation and the prevention and control of non-communicable disease: the neglected chronic diseases of adults. Lancet. 2003;362(9387):903-908. Doi: 10.1016/S0140-6736(03)14335-8.

R7.com. Notícias. JR da TV. Prédio inteiro é construído com impressora 3D na Alemanha. 28 nov 2020. Disponível em: [https://noticias.r7.com/jr-na-tv/videos/predio-inteiro-e-construido-com-impressora-3d-na-alemanha-05062 022]. Acesso em: 25 mar 2023.

Silva RV, et al. The use of hydroxyapatite and autogenous cancellous bone grafts to repair bone defects in rats. Int J Oral Maxillofac Surg. 2005;34(2):178–184. Doi: 10.1016/j.ijom.2004.06.005.

Tabata Y. Biomaterial technology for tissue engineering applications. J. R. Soc. Interface. 2009. 6S311–S324. Doi: http://doi.org/10.1098/rsif.2008.0448.focus.

Abe KC, Miraglia SGEK. Avaliação de Impacto à Saúde (AIS) no Brasil e América Latina: uma ferramenta essencial a projetos, planos e políticas. Interface. 2018;22(65):349–358. Doi: https://doi.org/10.1590/1807-57622016.0802.

Silva LS da. Análise histomorfométrica da interface do parafuso expansor com o tecido ósseo. 2007. Dissertação (Mestrado) – Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2007. Acesso em: 25 dez 2023.

Publicado

2024-01-15

Como Citar

Proposta de impressão em 3-D de ossos de pessoas idosas vitimadas de fratura: Considerações preliminares. (2024). Revista De Divulgação Científica Sena Aires, 13(1), 12-23. https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/revisa/article/view/471

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.