Contribuições do enfermeiro para a saúde do homem na atenção básica

Resumo

O baixo quantitativo de homens aos serviços de saúde é realidade existente a um dos princípios do Sistema Único de Saúde (SUS): a integralidade. O artigo objetiva descrever o perfil das publicações científicas sobre a atuação do enfermeiro na assistência à saúde do homem na atenção básica. Trata-se de um estudo de revisão integrativa com abordagem qualitativa nas bases de dados LILACS, SCIELO e BDENF, no período de 2010 a 2018, no idioma português (Brasil). Evidenciou deficiência do autocuidado e informação em 50% dos artigos selecionados, apresentando déficits na prevenção de infecções sexualmente transmissíveis (IST) e câncer de próstata resultando em um declínio na capacidade de autopromoção. É necessário planejamentos e intervenções de estratégias na atenção básica que objetiva divulgar, transformar o conhecimento populacional sobre a Política Nacional de Atenção Integral a Saúde do Homem (PNAISH) para realizar medidas de prevenção e promoção da saúde reduzindo os níveis de morbimortalidade.

Descritores: Saúde do Homem; Enfermagem; Assistência.

Publicado
2018-06-26
Como Citar
1.
Vaz CAM, Souza GB de, Moraes Filho IM de, Santos OP dos, Cavalcante MMFP. Contribuições do enfermeiro para a saúde do homem na atenção básica. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 26º de junho de 2018 [citado 17º de julho de 2019];1(2):122-6. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/60

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>