ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE COLO DO ÚTERO

Autores

  • Tatiane Xavier Santana
  • Sandra Godoi de Passos

Resumo

As altas taxas de prevalência e letalidade do Câncer de colo uterino se tornaram um problema de saúde pública no Brasil. OBJETIVO: Analisar a importância das atribuições do enfermeiro no manejo do Câncer de Colo Uterino (CCU) desde a prevenção até o diagnostico de doença já instalada, e relatar as dificuldades que o enfermeiro enfrenta para realizar coleta e do que ele dispõe para melhorar a adesão da população feminina. MÉTODOS: Trata-se de uma revisão de literatura integrativa, realizada por meio de artigos científicos em bases da Literatura Latino-Americana, do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS). RESUTADO: Dez artigos publicados entre 2011 e 2019 foram selecionados, esses apresentaram os desafios que ocorre para a realização do exame de prevenção do CCU. CONCLUSÃO: O enfermeiro deve orientar adequadamente as mulheres acerca dos benefícios da prevenção, organizar a assistência preventiva, criar método eficaz na abordagem da população feminina e desenvolver estratégias que superem dificuldades existentes, no intuito de diminuir a prevalência desta neoplasia e que o enfermeiro possui uma atribuição de suma relevância em todo processo do câncer de colo de útero desde sua prevenção, rastreamento precoce até seu tratamento.

Downloads

Publicado

2022-03-14

Como Citar

1.
Xavier Santana T, Godoi de Passos S. ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NA PREVENÇÃO DO CÂNCER DE COLO DO ÚTERO. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 14º de março de 2022 [citado 23º de maio de 2022];5(1):846-59. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/349