ANÁLISE DA ATIVIDADE ANTIBACTERIANA DA KOMBUCHA EM CHÁ PRETO E VERDE

Autores

  • Fernanda Hohmann União de Ensino do Sudoeste do Paraná
  • Milena Despessiani Kunz União de Ensino do Sudoeste do Paraná
  • Débora Fiorentin Vandresen União de Ensino do Sudoeste do Paraná

Palavras-chave:

kombucha, simbiótico, fermentação, antibacteriano

Resumo

A kombucha vem se tornando famosa devido a sua gama de benefícios, entre eles equilíbrio da flora intestinal e antioxidante. É uma bebida resultante da fermentação do chá preto ou verde adoçados imersos em culturas de leveduras e bactérias, as quais irão fazer o processo de simbiose. Notado seu acervo de benefícios este trabalho teve como objetivo analisar a atividade antibacteriana da kombucha nos diferentes tipos de chás e açucares frente as colônias de Klebsiella pneumoniae, Staphylococcus aureus e Escherichia coli. Utilizou-se a metodologia modificada de Malbasa, Loncar e Djurié (2008), na qual realizou-se a preparação dos chás verde, preto e misto e adicionou-se em cada chá o açúcar cristal e mascavo e um pedaço do scoby (kombucha) e deixou-se fermentar por 20 dias e posteriormente realizou a análise microbiologia através de discos e de poças em ágar Mueller Hinton. Nas análises para a bactéria Klebsiella pneumoniae observou-se maior sensibilidade nos chás misto mascavo, com halo de 20mm e do chá preto mascavo halo de 16mm e os chás verde mascavo e verde cristal apresentaram menor sensibilidade com halos de 14,75mm e 11,5 mm respectivamente. Para a bactéria Staphylococcus aureus apresentou-se mais sensibilidade para os chás misto mascavo com halo de 20,5 mm e preto mascavo halo de 23,5mm e menor sensibilidade para os chás verde mascavo, preto cristal e misto cristal com halos de 18mm, 15mm e 16mm respectivamente. Não foi possível realizar a análise com Escherichia coli devido há uma grande sensibilidade das bactérias ou má semeação da cultura. Neste sentido concluiu-se que os chás utilizados com kombucha, mesmo com diferentes formas de adoçantes manteve sua atividade antimicrobiana.

Publicado

2020-10-26

Como Citar

1.
Hohmann F, Despessiani Kunz M, Fiorentin Vandresen D. ANÁLISE DA ATIVIDADE ANTIBACTERIANA DA KOMBUCHA EM CHÁ PRETO E VERDE. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 26º de outubro de 2020 [citado 29º de novembro de 2020];3(2):505-10. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/308