A Importância Da Humanização No Atendimento Ao Idoso Na Atenção Básica: Revisão Bibliográfica

Autores

  • Gisele Joana Leite Paiva do Nascimento Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires
  • ​Marilza De Paiva Ramos Santos Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires
  • Erci Gaspar da Silva Andrade Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires

Palavras-chave:

humanização, saúde do idoso, atenção básica, sistema único de saúde

Resumo

O envelhecimento é uma etapa que faz parte da vida do indivíduo, no qual diminui sua capacidade de funcionalidade emocional e física, havendo-se a necessidade de promoção à saúde. O objetivo é verificar através de uma revisão bibliográfica qual a importância da humanização no atendimento ao idoso na atenção básica. A metodologia, presente constitui-se uma pesquisa descritiva, com revisão integrativa, baseado em artigos já publicados, nas bases de dados (Lilacs, Scielo, BVS), tendo como referência complementar o Estatuto do idoso, a Política Nacional do Idoso, Política Nacional da Humanização e Caderno de Atenção Básica n° 19 do Ministério da Saúde e como descritores: “Humanização”, “Saúde do idoso”, “Atenção Básica” e “Sistema Único de Saúde”. Para a construção deste estudo 12 artigos foram selecionados. Os resultados, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística até o ano de 2050 é previsto 2 bilhões de idosos no mundo, por isso são necessários serviços de saúde acessíveis a todos de forma humanizada, dispondo de uma equipe multidisciplinar qualificada, com pleno conhecimento em geriatria, para realizar intervenções na promoção e proteção da saúde do idoso. A conclusão, percebe-se através dos resultados que os idosos estão com seus direitos assegurados desde o Estatuto do idoso até as Políticas Nacionais, portando é necessário um atendimento humanizado na atenção básica, sendo de extrema seriedade, assim favorecendo a assistência ao idoso, ressaltando o atendimento humanizado.

Referências

Almeida, F. E. M. et. al. O olhar do Idoso sobre o atendimento em unidades básicas de saúde de Coronel Fabriciano-Mg. Ano 2012. 16(1):75-80

Barbosa, A. M; Araújo, S. A. M, Relação entre o profissional de saúde da família e o Idoso. Ano 2010 14(4):819.824

Borges et. al., apud, Brasil, 2003, 2006. Humanização da assistência de Enfermagem ao idoso em uma unidade de Saúde da Família.​ Ano de 2008. 13(2):33-41

Brasil, estatuto do idoso, 2003. Lei N° 10.741, de 1 de Outubro de 2003. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.741.htm​> Acesso em 10 de outubro de 2019.

Brasil, Ministério da saúde, 2018, disponível em: http://portalms.saude.gov.br/saude-para-voce/saude-da-pessoa-idosa/sobre-a-area​> Acesso em 19 de outubro de 2019.

Brasil, Ministério da Saúde, 2006. Portaria No 2.528 de 19 de Outubro de 2006. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2006/prt2528_19_10_2006.html​> Acesso em 22 de outubro de 2019.

Brasil, Ministério de Saúde, 2003. Política Nacional da Humanização. Disponível em: http://portalms.saude.gov.br/acoes-e-programas/humanizasus > Acesso em 11 de outubro de 2019.

Brasil, Política Nacional do Idoso Lei no 8.842, de Janeiro de 1994. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8842.htm > Acesso em 10 de novembro de 2019.

Brasil, Constituição Da República Federativa Do Brasil De 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm​> Acesso em 10 de novembro de 2019.

Cavalcante, J. W.; Souza, P. V.; Arcego, C. T., A Humanização dos serviços de atendimento aos idosos na atenção básica de saúde no Município de TUCUMÃ, conforme a política nacional de humanização, Ano 2016.

Feitosa, A. N. A. et. al., Práticas de humanização para o Idoso na atenção primária à Saúde. Ano 2016. 3(2):323-334

Feitosa, A. N. A. et. al., Práticas de humanização para o Idoso na atenção primária à Saúde. Ano 2016. Apud, SILVA, A. A.; BORGES, M. M. M. C. Humanização da assistência de enfermagem ao idoso em uma unidade de saúde da família. Revista Enfermagem Integrada. Ipatinga: Unileste-MG. v.1, n.1, nov-dez. 2008. 3(2):323-334

Lima, V. J. T. et. al. Humanização na atenção básica de saúde na percepção dos Idosos. Ano 2014 São Paulo, v.23, n.1, p.265-276

Lucena, R. L. A.; Freires, C. F.; Correia, A. A Assistência de Enfermagem ao idoso em unidades de saúde da família. Ano 2015.

Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Portaria n° 648/GM de 28 de março de 2006.

Navarro, L. M; Pena, R.S. A Política Nacional de Humanização como estratégia de produção coletiva das práticas em saúde. Ano de 2013. 12(1).

Nunes, S. M. et. al. Saúde do Idoso na atenção básica: Importância de políticas e humanizações. Mineiros-GO. Ano de 2016.

Oliveira, R.T. Ações sistematizadas no atendimento ao idoso pela equipe de saúde da família. Ano 2015.​ vol.39, n.105, pp.514-524

Santos, M. L. M.; Barbieri, R. A.; Coutinho, P. R.L. Acolhimento na Atenção Primária à Saúde: revisão integrativa. Ano 2015.​ vol.39, n.105, pp.514-524

Vargas, O. W. ​O Processo de Envelhecimento Humanizado: uma reflexão sob a perspectiva dos idosos assistidos pela Unidade Básica de Saúde do distrito de Raposo, e estratégias vitais à manutenção da qualidade de vida. Ano de 2016.

Viana, L.R. et al. Saúde do idoso: Humanização e acolhimento na atenção básica. Ano de 2014. p.2928-37

Vilar, A. L. R. et. al. Acesso e acolhimento na atenção básica: uma análise da percepção dos usuários e profissionais de saúde. Rio de Janeiro, 24 1:S100-S110. Ano 2008.

Brasil, Ministério de Saúde, 2003. Política Nacional da Humanização. Disponível em: http://portalms.saude.gov.br/acoes-e-programas/humanizasus​> Acesso em 12 de outubro de 2019.

Brasil, Política Nacional do Idoso Lei no 8.842, de Janeiro de 1994. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L8842.htm​> Acesso em 25 de outubro de 2019.

Brasil, Constituição Da República Federativa Do Brasil De 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm > Acesso em 29 de outubro de 2019.

Cavalcante, J. W.; Souza, P. V.; Arcego, C. T., A Humanização dos serviços de atendimento aos idosos na atenção básica de saúde no Município de TUCUMÃ, conforme a política nacional de humanização, Ano 2016.

Feitosa, A. N. A. et. al., Práticas de humanização para o Idoso na atenção primária à Saúde. Ano 2016. 3(2):323-334

Vargas, O. W. ​O Processo de Envelhecimento Humanizado: uma reflexão sob a perspectiva dos idosos assistidos pela Unidade Básica de Saúde do distrito de Raposo, e estratégias vitais à manutenção da qualidade de vida. Ano de 2016.

Viana, L.R. et al. Saúde do idoso: Humanização e acolhimento na atenção básica. Ano de 2014.

Vilar, A. L. R. et. al. Acesso e acolhimento na atenção básica: uma análise da percepção dos usuários e profissionais de saúde. Rio de Janeiro, 24 1:S100-S110. Ano 2008.

Feitosa, A. N. A. et. al., Práticas de humanização para o Idoso na atenção primária à Saúde. Ano 2016. 3(2):323-334.

Publicado

2020-10-26

Como Citar

1.
Leite Paiva do Nascimento GJ, De Paiva Ramos Santos ​Marilza, Gaspar da Silva Andrade E. A Importância Da Humanização No Atendimento Ao Idoso Na Atenção Básica: Revisão Bibliográfica. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 26º de outubro de 2020 [citado 24º de novembro de 2020];3(2):472-82. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/304