Relação Entre O Envelhecimento, A Polimedicação E O Enfermeiro: Uma Revisão Bibliográfica

Autores

  • Tayene Aires Silva Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires
  • Karina Alves de Souza Moreira Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires
  • Meives Aparecida Rodrigues de Almeida Faculdade de Ciências e Educação Sena Aires

Palavras-chave:

Idoso, Polimedicação, Enfermagem, Medicamentos

Resumo

Ultimamente, o número de idosos tem aumentado significativamente, os idosos representam uma grande parcela da população. Esta realidade está acompanhada de uma alta taxa de doenças crônicas e, por conseguinte, um aumento da polimedicação nesta faixa etária. A utilização de diversos fármacos, pode vir a ser necessário na velhice, porém, em muitas ocasiões é indispensável a supervisão da administração dessas medicações e o devido cuidado com a polimedicação entre os idosos. Este trabalho teve como objetivo analisar o grau de conhecimento dos idosos em relação a polimedicação, através de uma revisão narrativa. Trata-se de revisão bibliográfica utilizando as bases Electronic Library Online (SciELO), no Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (BIREME), Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), livros e manuais do Ministério da Saúde. Os idosos devido ao elevado consumo de medicamentos cometem erros com frequência, são vários os fatores que influenciam, quer pela perda de memória, visão deficiente, efeitos secundários desagradáveis, quer pela frequente substituição de medicamentos. Os idosos geralmente que não aderem ao tratamento medicamentoso, tem um perfil parecido, isto é, doenças crônicas, baixa escolaridade, automedicação, problema de memória e moram sozinhos. A enfermagem tem papel importante no sentido manipular o medicamento de forma correta, evitar qualquer erro de dosagem, além proporcionar uma educação ao idoso para que faça o uso dos medicamentos prescritos de forma responsável e racional.

Referências

Veras RP, Oliveira M. Aging in Brazil: The building of a healthcare model. Cienc e Saude Coletiva [Internet] .2018;23(6):1929–36. Disponível em: Disponível em: https://doi.org/10.1590/1413-81232018236.04722018​. ISSN 1678-4561.

Lima-Costa MF, Matos DL, Camargos VP, Macinko J. Tendências em dez anos das condições de saúde de idosos brasileiros: evidências da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (1998, 2003, 2008). Cien Saude Colet [Internet]. 2011 set [citado 2020 jun 27];16 (9):3689–96. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011001000006&lng=en​. ​https://doi. org/10.1590/S1413-81232011001000006

Assis da Silveira P, Campos Silva S, Siqueira Cabral Rocha K. Prevalência da polifármacia nos idosos de uma Unidade Básica de Saúde no estado de Minas Gerais. Rev Aten [Internet]. 2018; 16:29–35. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011001000006&lng=en​. ​https://doi. org/10.1590/S1413-81232011001000006

Oliver J. Cuidadores de idosos restrito ao leito: estudo da qualidade de vida. [Internet]. 2019; 1:1–476. Disponível em: ​https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/7/7141/tde-08102013 082535/publico/ME_Cyntia_Castro_Miranda_Corrigida.pdf

Berenstein CK, Wajnman S. Efeitos da estrutura etária nos gastos com internação no Sistema Único de Saúde: Uma análise de decomposição para duas áreas metropolitanas brasileiras. Cad Saúde Pública [Internet]. 2008;24(10):2301–13. Disponível em: ​https://www.scielo.br/pdf/csp/v24n10/11.pdf

IBGE. Pesquisa Nacional de Saúde 2013 [Internet]. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 2014. 181 p. Disponível em: ​ftp://ftp.ibge.gov.br/PNS/2013/pns2013.pdf

Campolina AG, Adami F, Santos JLF, Lebrão ML. A transição de saúde e as mudanças na expectativa de vida saudável da população idosa: Possíveis impactos da prevenção de doenças crônicas. Cad Saúde Publica [Internet]. 2013;29(6):1217–29. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csp/v29n6/a18v29n6.pdf

Melo SPSC, Cesse EAP, Lira PIC, Rissin A, Cruz RSBLC, Filho MB. Chronic noncommunicable diseases and associated factors among adults in an impoverished urban area of the brazilian northeast. Cienc e Saúde Coletiva [Internet]. 2019;24(8):3159–68. Available from: https://www.scielo.br/pdf/csc/v24n8/1413-8123-csc-24-08-3159.pdf

Soar C. Prevalência de fatores de risco cardiovascular em idosos não institucionalizados. Rev Bras Geriatr e Gerontol [Internet]. 2015;18(2):385–95. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v18n2/1809-9823-rbgg-18-02-00385.pdf

Tavares AMV, Schaan BD, Terra BG, Duncan BB, Bavaresco CS, Leitão CB, et al. Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus/Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. – [Internet]. 1389. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/estrategias_cuidado_pessoa_diabetes_mellitus_cab36.pdf

Benjamim A, Barbosa R, Ronan L, Ferreira M. Espessamento parietal da vesícula biliar no exame ultrassonográfico: como interpretar? Radiol Bras [Internet]. 2011;44(6):381–7. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rb/v44n6/a10v44n6.pdf

Oliveira AM. Fatores de risco associados à polifármacia no idoso. 2013; Disponível em: https://www.nescon.medicina.ufmg.br/biblioteca/imagem/Antonio-Marcio-Oliveira.pdf

Secoli SR. Polifarmácia: interações e reações adversas no uso de medicamentos por idosos. Rev Bras Enferm [Internet]. 2010;63(1):136–40. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/reben/v63n1/v63n1a23.pdf

Lima MG. Avaliação da compreensão da farmacoterapia entre idosos atendidos na Atenção Primária à Saúde de Belo Horizonte, MG, Brasil. Ciênc. Saúde coletiva [Internet]. 2016 nov. [citado 2020 jun. 29]; 21(11):3469-3481. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v21n11/1413-8123-csc-21-11-3469.pdf

MUNIZ, SCE, Goulart FC, Lazarini CA,Sanches, MMJ. Análise do uso de medicamentos por idosos usuários de plano de saúde suplementar. Rev. bras. geriatr. gerontol.[Internet]. 2017 mai. [citado 2020 jun. 29]; 20(3):374-386. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-98232017000300374&lng=en​. http://dx.doi.org/10.1590/1981-22562017020.160111​.

Romano-Lieber NS, Corona LP, Marques LFG, Secoli SR. Sobrevida de idosos e exposição à polifármacia no município de São Paulo: Estudo SABE. Rev. bras. epidemiol. 2018 [citado 2020 jun 30]; 21(2). Available from: ​http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415​-

X2018000300403&lng=en.

https://doi.org/10.1590/1980-549720180006.supl.2​.

Gonçalves AMC, Teixeira MTB, Gama JRA, Lopes CS, Silva GA, Gamarra CJ, et al. Prevalência de depressão e fatores associados em mulheres atendidas pela Estratégia de Saúde da Família. J Bras Psiquiatr [Internet]. 2018 jun [citado 2020 jun 20];67(2):101-9. Available from:​http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0047-20852018000200101&lng=en​. ​https: //doi.org/10.1590/0047-2085000000192

Marques RK Costa de JCA. Relação da polifármacia e polipatologia com a queda de idosos institucionalizados. Texto contexto enferm. [citado 2020 jun. 29]; 2017, 26(2). Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-07072017000200325&lng=en​.

Epub July 03,2017. ​https://doi.org/10.1590/0104-07072017003040015​.

Nascimento RCRM do, Álvares J, Guerra Junior AA, Gomes IC, Silveira MR, Costa EA, et al. Polypharmacy: A challenge for the primary health care of the Brazilian Unified Health System. Rev Saude Publica [Internet]. 2017; 51:1s-12s. Available from:

https://www.scielo.br/pdf/rsp/v51s2/pt_0034-8910-rsp-S1518-51-s287872017051007136.pdf

Nascimento R, Álvares J, Guerra Junior A, Gomes I, Silveira M, Costa E, Leite S, Costa K, Soeiro O, Guibu I, Karnikowski M, Acurcio F de A. Polifarmácia: Rev. saúde pública [Internet]. 22 set.2017 [citado 30 jun.2020];51(suppl.2):19s. Disponível em:​ ​https://www.revistas.usp.br/rsp/article/view/139761 21. Carneiro J, Ramos G, Barbosa AT, Medeiros S, Lima C, Costa F, Caldeira AP. Prevalência e fatores associados à polifarmácia em idosos comunitários. Rev Medicina (Ribeirao Preto Online). [Internet]. 27dez.2018 [citado 29jun.2020]; 51(4):254-6. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rmrp/article/view/154921

Oliveira H, Corradi M. Aspectos farmacológicos do idoso: uma revisão integrativa de literatura. Rev. Med. (São Paulo) [Internet]. 15jun.2018 [citado 29jun.2020];97(2):165-76. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revistadc/article/view/140603

Araújo de OLPB, Azevedo SSM. Uma revisão integrativa sobre o uso de medicamentos por idosos na atenção primária à saúde. Rev. esc. enferm. USP [Internet]. 2016 fev [citado 2020 jun. 29]; 50(1):163-174. Disponível em: Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342016000100163&lng=en​. https://doi.org/10.1590/S0080-623420160000100021

Angonesi D, Rennó MUP. Dispensação farmacêutica: proposta de um modelo para a prática. Ciênc. Saúde coletiva [Internet]. 2011 sep. [citado 2020 jun. 29]; 16(9): 3883-91. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232011001000024&lng=pt​. https://doi.org/10.1590/S1413-81232011001000024

Paula A, Marques DO, Diniz S. Epidemiologia do uso de medicamentos entre idosos em área urbana do nordeste do Brasil. Rev. Saúde Pública [Internet]. 2013 ago. [citado 2020 jun. 29]; 47(4): 759-68. Disponível: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102013000400759&lng=en​. https://doi.org/10.1590/S0034-8910.2013047003768

Leão DFL, Moura CS, Medeiros DS. Avaliação de interações medicamentosas potenciais em prescrições da atenção primária de Vitória da Conquista (BA), Brasil. Ciênc. Saúde coletiva [Internet]. 2014 jan. [citado 2020 jun. 29]; 19(1): 311-18. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232014000100311&lng=en​. https://doi.org/10.1590/1413-81232014191.2124

Martins G A. Uso de medicamentos potencialmente inadequados entre idosos do Município de Viçosa, Minas Gerais, Brasil: um inquérito de base populacional. Cad. Saúde Pública [Internet]. 2015 nov. [citado 2020 jun. 29]; 31(11): 2401-12. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-311X2015001102401&lng=en​. https://doi.org/10.1590/0102-311X00128214​.

Oliveira KR De. Perfil de uso de medicamentos por idosos assistidos pelo Programa de Atenção ao Idoso (PAI) da UNIJUÍ. Rev brasileira de geriatria e gerontologia 2006;51–62. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v15n1/06

Costa SC, Pedroso ER. A prescrição de medicamentos para idosos internados em serviço de clínica médica: atualização. Rev Med Minas Gerais [Internet]. 2011;21(2):201–14. Disponível em: http://www.rmmg.org/artigo/detalhes/200

Mendonça SM, Filipa PA. Terapêutica crônica em idosos numa Unidade de Saúde Familiar: análise da polimedicação e medicação potencialmente inapropriada. Rev Port Med Geral Fam [Internet]. 2018 abr. [citado 2020 jun. 30]; 34(2): 78-88. Disponível em:

http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2182-51732018000200004&lng=pt​.

Ferreira MMDM, Jacobina FMB. O profissional de enfermagem e a administração segura de medicamentos. Revista Enfermagem Contemporânea, 2014 ago. [S.l.], 3(1). Disponível em: https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermage HYPERLINK "https://www5.bahiana.edu.br/index.php/enfermagem/article/view/208"​m/article/view/208

Eto FN, Paula A, Velten C, Morelato RL. Fatores associados à não adesão medicamentosa entre idosos de um ambulatório filantrópico do Espírito Santo. Rev geriatria e gerontologia2015;327–37. Disponível em: ​https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v18n2/1809-9823-rbgg-18-02-00327

Chaves AS, Santos AM dos, Alves MTSS de B, Salgado FN. Associação entre declínio cognitivo e qualidade de vida de idosos hipertensos. Rev bras geriatr e gerontol [Internet]. 2015;18(3):545–56. Disponivel em: ​https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v18n3/1809-9823-rbgg-18-03-00545

Stefano ICA, Conterno LO, Silva FR, Marin MS. Uso de medicamentos por idosos: análise da prescrição, dispensação e utilização num município de porte médio do estado de São Paulo. Rev. bras. geriatr. gerontol. [Internet]. 2017 out [citado 2020 jun 30]; 20(5): 679-90. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext HYPERLINK "http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S180998232017000500679&lng=en"​& HYPERLINK "http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S180998232017000500679&lng=en"​pid=S1809 98232017000500679 HYPERLINK "http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S180998232017000500679&lng=en"​& HYPERLINK "http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S180998232017000500679&lng=en"​lng=en​.

Pereira SAS, Almeida RS, Passos MMB. Interações Medicamentosas Potenciais em Idosos atendidos em uma unidade Básica do Rio de Janeiro. Brazilian Journal of Pharmacy. 99 (2): 2445 – 2463, 2018. Available from: ​http://www.rbfarma.org.br/files/revista-numero-99-volume-2-2018

Oliver J. Riscos de polimedicação em idosos: uma revisão. Revista Uningá [S.l.], 56(1): 66-76, mar. 2019. Disponível em: ​http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/vi HYPERLINK "http://revista.uninga.br/index.php/uninga/article/view/2141"​ew/2141

Oliveira GD, Silva B, Paula A, Gondim S, Monteiro MP, FrotaMA. Uso de medicamentos contínuos e fatores associados em idosos de Quixadá, Ceará. Rev. bras. epidemiol. [Internet]. 2012 jun. [citado 2020 jun. 29]; 15(2): 386-95. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1415-790X2012000200016&lng=pt​. ​https://doi. org/10.1590/S1415-790X2012000200016

Oliveira SCS, Ivanilde PM, Yoshie YA, Felício RNJ, Aparecida BD. Avaliação do uso de medicamentos pela população idosa em Montes Claros, Minas Gerais, Brasil. Esc. Anna Nery [Internet]. 2010 dez [citado 2020 jun. 30]; 14(4): 811-18. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1414-81452010000400022&lng=en​. ​https://doi. org/10.1590/S1414-81452010000400022

Silva CH da Spinillo CG. Dificuldades e estratégias no uso de múltiplos medicamentos por idosos no contexto do design da informação. In: Anais do 12o Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. São Paulo. 2016, 9(2): 4625-34. Disponível https://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/dificuldades-e-estratgias-no-uso-de-mltiplos-med icamentos-por-idosos-no-cont HYPERLINK "https://www.proceedings.blucher.com.br/article-details/dificuldades-e-estratgias-no-uso-de-mltiplos-me dicamentos-por-idosos-no-contexto-do-design-da-informao-24634"​exto-do-design-da-informao-24634​. 40. Gauterio DP, Santos SSC, Strapasson CMS, Vidal DAS, Piexak DR. Uso de medicamentos por pessoas idosas na comunidade: proposta de ação de enfermagem. Rev Bras Enferm [Internet]. 2013;66(5):702–8. Disponível em: ​https://www.scielo.br/pdf/reben/v66n5/10.pdf

Ramos LR, Tavares NUL, Bertoldi AD, Farias MR, Oliveira MA, Luiza VL, et al. Polifarmácia e polimorbidade em idosos no Brasil: um desafio em saúde pública. Rev Saude Publica. 2016;50(supl2):9s. [citado 2020 jun. 29]. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102016000300308 DOI:10.1590/S1518-8787.2016050006145

Moura L, Escalante JC.Mortalidade por doenças crônicas não transmissíveis no Brasil e suas regiões, 2000 a 2011. Epidemiol. Serv. Saúde [Internet]. 2014 dez. [citado 2020 jun. 29]; 23 (4):599-608. Disponível em: ​https://www.scielo.br/pdf/ress/v23n4/2237-9622-ress-23-04-00599.pdf DOI: 10.5123/S1679-49742014000400002

Ministério da Saúde (BR). Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica. Doenças respiratórias crônicas / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento

de Atenção Básica. – Brasília: Ministério da Saúde, 2010. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publica "https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes%20_cuidado_pessoas%20_doencas_cronicas.p df"​coes/diretrizes%20_cuidado_pessoas%20_doencas_cronicas.pdf

Boult C WG. Comprehensive Primary Care for Older Patients with Multiple Chronic Conditions. JAMA. 2010 nov.; 304(17):1936-43. Disponível: ​https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/21045100/

Universidade Federal do Maranhão. Saúde da Pessoa Idosa. Nefrol Multidiciplinar [Internet]. 2014; 02:44. Disponível em: ​https://ares.unasus.gov.br/acervo/handle/ARES/1457​.

Fernandes BKC, Freitas MC, Galiza FT. Diagnóstico de enfermagem para idosos em uso de medicamentos orais. Rev enferm ufpe. 2016 abr.10(4):1179-84. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/301560685_NURSING_DIAGNOSES_FOR_ELDERLY _IN_USE_OF_ORAL_MEDICINES​ DOI: 10.5205/reuol.8464-74011-1-SM.1004201602

Shamian J. O papel da enfermagem na atenção à saúde. Rev. bras. enferm. [Internet]. 2014 dez. [citado 2020 jun. 29]; 67(6): 867-68. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672014000600867&lng=en​. ​https://doi. org/10.1590/0034-7167.2014670601​ .

Melo MGF, Palhão DMR, PereiraSI, CarolinaSP, Miziara BSR, Moraes RP et al. Polifarmácia e medicamentos potencialmente inapropriados para idosos na enfermagem gerontológica. Rev. Bras. Enferm. [Internet]. 2018 out. [citado 2020 jun. 30]; 71(5): 2440-46. Disponível em: Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672018000502440&lng=en​. ​https://doi. org/10.1590/0034-7167-2017-0211​.

Sousa S, Pires A, Conceição C, Tânia N, Grenha Ana, Luis B Polimedicação em doentes idosos: adesão à terapêutica. Rev Port Clin Geral [Internet]. 2011 mar. [citado 2020 jun. 30]; 27(2): 176-82. Available from: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0870-71032011000200005&lng=pt​.

Antunes J de FS, Okuno MFP, Lopes MCBT, Campanharo CRV, Batista REA. Drug interaction in elderly inpatients in the emergency department of a university hospital. REME Rev Min Enferm [Internet]. 2015;19(4):907–12. Available from: https://cdn.publisher.gn1.link/reme.org.br/pdf/v19n4a09.pdf

COREN-SP-Parecer no 036 / 2013 – CT PRCI n ° 101. 083 e Tickets n ° 280. 064 e 285. 673. Ementa: Competência para aprazamento de prescrição médica. Do fato Enfermeiras questionam a quem compete realizar o aprazamento de prescrição médica. Se tal apraz. 2013; Disponível em: https://portal.coren-sp.gov.br/wp-content/uploads/2013/07/parecer_coren_sp_2013_36.pdf​.

Freitas E. Tratado de geriatria e gerontologia. 4a​ ​ ed. Rio. Guanabara 2016.

Wilson JF. Manual de Terapêutica Não Farmacológica em Geriatria e Gerontologia. 1a​ ed. São. 2014.

Figueiredo NMA TT. Gerontologia-Atuação da Enfermagem no Processo de Envelhecimento. 2a​ ed. São Paulo. 2012.

Potter P PA. Fundamentos de enfermagem. 9a​ ​ ed. Rio de Janeiro. 2017.

Smeltzer SC BBB. Tratado de Enfermagem Médico Cirúrgica. 13a​ ​ ed. Rio de Janeiro. 2015.

Franco JN, Ribeiro G, D'Innocenzo M, Barros BPA. Percepção da equipe de enfermagem sobre fatores causais de erros na administração de medicamentos. Rev. Bras. enferm. [Internet]. 2010 Dec [cited 2020 Oct 14]; 63(6): 927-932. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-71672010000600009&lng=en​. ​https://doi. org/10.1590/S0034-71672010000600009 58.Llapa-RodriguezO​E,LôboSLS,OliveiraMM,AlbuquerqueOJK,MarieCL.Assistênciaseguraao paciente no preparo e administração de medicamentos. Rev. Gaúcha Enferm. 2018; 38(4). ​Available from: ​http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-14472017000400408&lng=en​.

https://doi.org/10.1590/1983-1447.2017.04.2017-0029​.

Stefano ICA, Conterno LO, da Silva Filho CR, Marin MJS. Medication use by the elderly: analysis of prescribing, dispensing, and use in a medium-sized city in the state of São Paulo. Rev bras geriatr e gerontol [Internet]. 2017;20(5):679–90. Available from: ​https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v2 HYPERLINK "https://www.scielo.br/pdf/rbgg/v20n5/pt_1809-9823-rbgg-20-05-00679.pdf"​0n5/pt_1809-9823-rbgg-20-0 5-00679.pdf

Miasso, Adriana Inocenti; CASSIANI, Silvia Helena De Bortoli. Administração de medicamentos: orientação final de enfermagem para a alta hospitalar. ​Rev. esc. enferm. USP, São Paulo, v. 39, n. 2, p. 136-144, jun. 2005. Available from: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0080-62342005000200003&lng=en​. ​https://doi. org/10.1590/S0080-62342005000200003

Publicado

2020-10-26

Como Citar

1.
Aires Silva T, Alves de Souza Moreira K, Rodrigues de Almeida MA. Relação Entre O Envelhecimento, A Polimedicação E O Enfermeiro: Uma Revisão Bibliográfica. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 26º de outubro de 2020 [citado 29º de novembro de 2020];3(2):438-56. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/302