Prevalência de acidentes do trabalho com profissionais da enfermagem do sistema de saúde

  • Douglas de Freitas Gonçalves
  • Ani Cátia Giotto
Palavras-chave: Riscos ocupacionais, Acidentes no trabalho, Equipe de enfermagem

Resumo

Acidentes de trabalho com ferramentas e utensílios, são frequentes entre os profissionais e equipe de enfermagem, devido à elevada manipulação de agulhas, cateteres intravenosos, lâminas, entre outros materiais que podem representar agravos aos trabalhadores e custos às instituições, sendo o uso de equipamentos de proteção individual (EPIs) indispensáveis para esses trabalhadores. Este estudo objetiva, portanto identificar os riscos laborais a que estão expostos os trabalhadores da saúde, especificamente o profissional de enfermagem e evidenciar o perfil do acidente de trabalho nessa categoria Foi realizada revisão integrativa sobre a prevalência de acidentes do trabalho com profissionais da enfermagem do sistema de saúde. Foram realizadas as buscas através de artigos científicos, pesquisados na internet através dos bancos de dados Lilacs (Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde), Scielo (Scientific Electronic Library Online) e Medline/Pubmed (National Library of Medicine National Institutes of Health) .Em face da exposição ocupacional aos diversos tipos de riscos, conhecê-los torna-se imprescindível na criação de medidas de controle e proteção, assegurando a promoção saúde dos trabalhadores. A identificação precoce dos riscos exerce caráter de ação prévia sobre os acidentes e doenças relacionados ao trabalho, possibilitando, assim, uma diminuição na ocorrência destes. Nessa perspectiva, a enfermagem é considerada um grupo em potencial para multiplicação do conhecimento na área da saúde por ser muitas vezes sujeito e objeto da problemática em questão.

Referências

Cotrim, G; Fernandes,M.G. Filosofar. 1 ed. São Paulo: Saraiva, 2010

Cavalcante CAA, Enders BC, Menezes RMP, Medeiros SM. Riscos ocupacionais do trabalho em enfermagem: uma análise contextual. Rev. Ciência, cuidado e saúde. 2006; 88-97.

Ribeiro EJG, Shimizu HE. Acidentes de trabalho com trabalhadores de enfermagem. Rev.bras. enferm. 2007;60(5):535-40.

Galoni T, Robazzi MLCC, Marziele MHP. Acidentes de trabalho com material biológico em hospital universitário de São Paulo. Rev. eletr. enferm. 2008;10(3):673- 85.

Portaria N.º 3.214 , DE 08 DE Junho de 1978O Ministro de Estado Detrabalho, no uso de suas atribuições legais, considerando o disposto no art. 200, da Consolidação das Leis do Trabalho, com redação dada pela Lei n.º 6.514, de 22 de dezembro de 1977.

Brasil. Ministério do trabalho e emprego. Secretaria de segurança e saúde no trabalho. Portaria nº 3.214, de 08 de Junho de 1978. Brasília 1978.

Brasil. Ministério da Saúde [homepage na Internet]. Sobre a Saúde do Trabalhador [acessoem: 3 Abr 2013]. Disponível em: http://portal.saude.gov.br/portal/saude/visualizar_texto.cfm?idtxt=30426&janela=1. 8.Brasil. Ministério da previdência social. Lei 8.213 de 24 de julho de 1991. Dispõe sobre os planos de benefícios da previdência social e dá outras providências. Brasília 1991; 44p.

Brasil. Ministério da Previdência Social. Anuário Estatístico de Acidentes do Trabalho.2011 [acesso em: 3 Abr 2013]. Disponível em: http://www.mpas.gov.br/arquivos/office/1_130129-095049-870.pdf.

Brasil. Ministério do trabalho e emprego. Secretaria de segurança e saúde no trabalho.Portaria n.º 25, de 29 de dezembro de 1994. Brasília 1994; 6p.

Coordenação Nacional de DST e AIDS. Controle de infecções e a prática odontológica em tempos de AIDS: manual de condutas. Brasília: Secretaria de Políticas de Saúde, Ministério da Saúde; 2000.

Ribeiro PI, Rodrigues MA, Silva CI, Santos DJ Riscos ocupacionais da equipe deenfermagem na hemodiálise R. Interd. v. 9, n. 1, p. 143-152, jan. fev. mar. 2016

Donatelli S, Vilela GAR, AlmeidaMI, Lopes RGM, Acidente com material biológico: uma abordagem a partir da análise das atividades de trabalho. Saude soc. 24 (4) Oct- Dec 2015 https://doi.org/10.1590/S0104-12902015136790

Gusmão GS, Oliveira AC, Gama SC. Acidente de trabalho com material biológico: análise da ocorrência e do registro. Universidade Federal de Minas Gerais. Cogitare Enferm. 2013; 18(3):558-64

Ferreira MJM, Lima SKR, Silva CMA, Filho BGJ, Cavalcanti GRL. Vigilância dos acidentes de trabalho em unidades sentinela em saúde do trabalhador no município de Fortaleza, nordeste do Brasil. Ciênc. saúde colet. 22 (10) Out 2017 • https://doi.org/10.1590/1413-812320172210.17422017

Junior SPE, Batista MARR, Almeida FTA, Abreu RAA. Acidente de trabalho com material perfurocortante envolvendo profissionais e estudantes da área da saúde em hospital de referência. Rev Bras Med Trab. 2015;13(2):69-75

Arcanho RVG, Chistovan BP, Braga ALS, Silvino ZR. Gerenciamento dos riscos ocupacionais da enfermagem na atenção básica: estudo exploratório descritivo. Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro . Escola de enfermagem Alfredo pinto. fundamental.

Melo CMSS, Ferreira SCM. Saúde do trabalhador em ambiente com exposição a material biológico: uma produção tecnológica. Dissertação de Mestrado.

Barros DX, Tipple AFV, Lima LKOL, Souza ACS, Neves ZCP, Salgado TA. Análise de 10 anos de acidentes com material biológico entre a equipe de enfermagem. http://dx.doi.org/10.5216/ree.v18.35493

Aecanjo RVG, Christovan BP. Saberes e práticas de trabalhadores de enfermagem sobre riscos ocupacionais na atenção básica à saúde: um estudo de intervenção. Universidade federal fluminense escola de enfermagem aurora de Afonso costa programa de pós-graduação em ciências do cuidado em saúde mestrado acadêmico em ciências do cuidado em saúde.

Stanganelli NC, Ribeiro RP, Claudio CV, Martins JT, Ribeiro PHVR,Ribeiro BGA. A utilização de equipamentos de proteção individual entre trabalhadores de enfermagem de um hospital público.

Oliveira AC, Paiva MHRS. Análise dos acidentes ocupacionais com material biológico entre profissionais em serviços de atendimento pré-hospitalar. Rev. LatinoAm. Enfermagem 2013 jan-fev; 21(1):.

Tipple AFV, Silva EAC, Teles SA, Mendonça KM, Souza ACS, Melo DS. Acidente com material biológico no atendimento pré-hospitalar móvel: realidade para trabalhadores da saúde e não saúde. Rev Bras Enferm 2013 mai-jun; 66(3): 378-84.

Feldman LB. Gestão de Risco e Segurança Hospitalar. São Paulo: Martinari; 2008. 25.Balsamo AC, Felli VEA. líquidos corporais humanos em trabalhadores da saúde de um hospital universitário. Rev Latino-am Enfermagem 2006 maio-junho; 14(3):346-53. 26.Balsamo AC, Felli VEA. Estudo sobre os acidentes de trabalho com exposição aos líquidos corporais humanos em trabalhadores da saúde de um hospital universitário. Rev. latinoam. enferm. 2006;14(3):346-53.

Brasil. Ministério do trabalho e emprego. Secretaria de segurança e saúde no trabalho.Portaria n.º 25, de 29 de dezembro de 1994. Brasília 1994; 6p.

Galoni T, Robazzi MLCC, Marziele MHP. Acidentes de trabalho com material biológicoem hospital universitário de São Paulo. Rev. eletr. enferm. 2008;10(3):673-85.

Flor Rde C, Kirchhof AL. An educative practice of sensitization to ionizing radiation exposition with health professionals. Rev Bras Enfermagem, 2006;59:274- 278.

Christensen M. What knowledge do ICU nurses have with regard to the effects of noise exposure in the Intensive Care Unit? Intensive Crit Care Nurs, 2005;21:199- 207.

Barbosa A. Riscos químicos ocupacionais em hospitais da Fundação Hospitalar do Distrito Federal (FHDF). Rev Saude DF, 1990;1:8-15.

Silva A. Estudo sobre os acidentes de trabalho ocorridos com a equipe de enfermagem em unidade de centro cirúrgico de um hospital geral. São Paulo. Congresso Brasileiro de Enfermagem em Centro Cirúrgico, São Paulo, 1995. Anais. São Paulo: Sociedade Brasileira de Enfermagem de Centro Cirúrgico, 1995;94-102.

Gallasch, CH, Alexandre NMC. Avaliação dos riscos ergonômicos durante a movimentação e transporte de pacientes em diferentes unidades hospitalares. Rev EnfermUERJ,2003;11:252-260.

Publicado
2019-02-27
Como Citar
1.
Gonçalves D de F, Giotto AC. Prevalência de acidentes do trabalho com profissionais da enfermagem do sistema de saúde. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 27º de fevereiro de 2019 [citado 16º de dezembro de 2019];2(2):109-17. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/155

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##