Principais intervencões de enfermagem utilizadas para melhoria das condições de vida de pessoas com esclerose lateral amiotrófica

Autores

Palavras-chave:

Esclerose Lateral Amiotrófica, Planejamento de Assistência ao Paciente, Cuidados de Enfermagem, Cuidados Paliativos, Doença Crônica

Resumo

O objetivo do estudo fora conhecer as principais intervenções que podem ser aplicadas na assistência de enfermagem aos portadores de esclerose lateral amiotrófica, com vistas a promoção da qualidade de vida dos acometidos por essa síndrome. Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica dá para a realização deste trabalho primeiramente, foram avaliados o título e o resumo dos artigos encontrados. Para a compreensão do material utilizamos leituras exploratórias, seletiva e analítica detalhada dos artigos entre o ano de 2003 a 2014 acerca dos principais cuidados de enfermagem que podem ser realizados para melhoria da qualidade de vida do paciente com ELA. A quantidade de informações obtidas nesse trabalho nos levou a diversos tipos de assistência realizada a esse paciente, permitindo que as pessoas envolvidas com essa patologia como os profissionais da área de saúde e os cuidadores dos pacientes, possam aperfeiçoar o auxílio por meio do acesso as informações contidas nesse estudo proporcionando maiores benefícios na vida do indivíduo durante o período da doença numa perspectiva mais holística.

Referências

Associação brasileira de esclerose lareral amiotrófica (ABRELA). Manual de esclerose lateral amiotrófica. São Paulo: ABRELA; 2002, p.34.

Pasinelli, P., and Brown, R.H. Molecular biology of amyotrophic lateral sclerosis: insights from genetics. Nat. Rev. Neurosci. 2006; 7: 710–723.

Quadros AAJ. História da Esclerose Lateral Amiotrófica no Brasil. Revista Neurociências, v.14, n.2, p.14-23, 2006.

Picon P, Prolla P, Amaral K, Beutler E, Zimran A. Doença de Gaucher. In: Picon P, Beltrame A, organizadores. Protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas. Brasília: Ministério da Saúde, 2002. p. 217-234.

Braunwald E, Fauci AS, Hauser SL, Jameson JL, Kasper DL, Longo DL. Medicina interna - Harrison. 16ª ed. Rio de Janeiro: McGraw-Hill; 2006. p.1966-7.

Luchesi Karen Fontes, Silveira Isabela Costa. Cuidados paliativos, esclerose lateral amiotrófica e deglutição: estudo de caso. CoDAS [Internet]. 2018 [cited 2019 Jan 25] ; 30( 5 ): e20170215.

Xerez D. Reabilitação na Esclerose Lateral Amiotrofica: revisão da literatura. actafisiatrica [Internet]. 9set.2008 [citado 25jan.2019];15(3):182-8. Available from: http://www.revistas.usp.br/actafisiatrica/article/view/102947

Pompeo Daniele Alcalá, Rossi Lídia Aparecida, Galvão Cristina Maria. Revisão integrativa: etapa inicial do processo de validação de diagnóstico de enfermagem. Acta paul. enferm. [Internet]. 2009 [cited 2019 Jan 25] ; 22( 4 ): 434-438.

Mendes Karina Dal Sasso, Silveira Renata Cristina de Campos Pereira, Galvão Cristina Maria. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto contexto - enferm. [Internet]. 2008 Dec [cited 2019 Jan 25] ; 17( 4 ): 758-764.

CARVALHO, Laís Chagas de. MENEZES, Tânia Maria de Oliva. Sistematização da assistência de enfermagem a um cliente com esclerose lateral amiotrófica: estudo de caso. Rev Enferm UFPE (online). 2012; 6 (12) :2998-3005

Silva Ednamare Pereira da, Sudigursky Dora. Concepções sobre cuidados paliativos: revisão bibliográfica. Acta paul. enferm. [Internet]. 2008 [cited 2019 Jan 25] ; 21( 3 ): 504-508.

Presto B, Orsini M, Presto LDN, Calheiros M, Freitas MRG, Mello MP et al. Ventilação não-invasiva e fisioterapia respiratória para pacientes com esclerose lateral amiotrófica. Rev Neurocienc. 2009;17(3):293-7.

Poltroniere Silvana, Cecchetto Fátima Helena, Souza Emiliane Nogueira de. Doença de alzheimer e demandas de cuidados: o que os enfermeiros sabem?. Rev. Gaúcha Enferm. (Online) [Internet]. 2011 June [cited 2019 Jan 25] ; 32( 2 ): 270-278.

Andrade PA, Santos CA dos, Firmino HH, Rosa C de OB: The importance of dysphagia screening and nutritional assessment in hospitalized patients. Einstein (São Paulo) 2018; 16: 1-6. doi:10.1590/s1679-45082018ao4189

Mauro JMB, Soler ZASG, Chotolli MR. Ela - Esclerose Lateral Amiotrófica: “A prisioneira do corpo?”. Arq Ciênc Saúde. 2013; 20(3): 101-7.

Barbas Carmen Sílvia Valente, Ísola Alexandre Marini, Farias Augusto Manoel de Carvalho, Cavalcanti Alexandre Biasi, Gama Ana Maria Casati, Duarte Antonio Carlos Magalhães et al . Recomendações brasileiras de ventilação mecânica 2013. Parte 2. Rev. bras. ter. intensiva [Internet]. 2014 Sep [cited 2019 Jan 27] ; 26( 3 ): 215-239.

Lima SR, Gomes KB Esclerose Lateral Amiotrófca e o tratamento com células-tronco. Rev Bras Clin Med. 2010 Nov-Dez; 8(6):531-7.

Carla Chiste T Santos, Chadya Samia Soares Pacondes De Miranda, Kelly De Jesus Menezzes Da Silva, et al. SCHIZENCEFALIA - A Bibliographic Review of Clinical Aspects. J Cancer Res. 2018;1(2); 1-2.

Santos CCT, Miranda CSSP, Silva KJM, Pinto MFP, Costa AS, Moraes-Filho IM. Estresse emocional em famílias de crianças com necessidades especiais- revisão Bibliográfica. Rev Inic Cient Ext. 2018; 1(Esp.2): 247-9.

Publicado

2019-01-28

Como Citar

1.
Tosta GKF da S, Moraes Filho IM de, Bastos GP, Nascimento FA do, Proença MFR, Coelho MA. Principais intervencões de enfermagem utilizadas para melhoria das condições de vida de pessoas com esclerose lateral amiotrófica. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 28º de janeiro de 2019 [citado 24º de novembro de 2020];2(1):30-6. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/139

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##

1 2 > >>