Paralisia Cerebral e o impacto do diagnóstico para a família

Autores

  • Gabriela Gomes da Silva
  • Josilene Romão
  • Erci Gaspar da Silva Andrade

Palavras-chave:

Paralisia Cerebral, Diagnóstico, Família

Resumo

A Paralisia Cerebral é uma doença crônica definida como uma condição que afeta as funções motoras de forma leve, moderada ou severa do indivíduo em suas atividades diárias. Geralmente, são incuráveis, deixam sequelas, geram limitações de funções ao indivíduo, e requerem tratamento especial para sua reabilitação. No Brasil, estudos revelam que a cada 1.000 crianças que nascem, 7 são portadoras de PC. O presente estudo se justifica pela alta prevalência de diagnóstico de PC e os diferentes graus e comprometimento dos indivíduos portadores desta patologia e a abrangência que esta condição de saúde tem em âmbito familiar e social, este estudo se faz necessários, pois busca entender o grau de instrução das famílias que convivem com este diagnóstico e o impacto deste no cotidiano familiar. O objetivo dessa pesquisa é avaliar o impacto psicossocial do diagnóstico e do cuidado de PC para familiares. Trata-se de um estudo transversal analítico, visando essencialmente observar o entendimento da família sobre o diagnóstico. Está pesquisa foi realizada no Gama, DF no Centro de Ensino Especial 01, com 25 famílias de crianças com PC que fazem estimulação precoce nessa instituição. Foi observado que a grande maioria dos familiares não aceitaram de imediato tal diagnóstico, porem com maiores informações essa aceitação vem se tornando maior com o passar do tempo.

Referências

Dantas MAS, Pontes JF, Assis WD, Collet N. Facilidades e dificuldades da família no cuidado à criança com paralisia cerebral. Rev. Gaúcha Enferm. vol.33 no.3 Porto Alegre Sept. 2012.

Simões CC, Silva L, Santos MR, Miski MD, Bousso RS. A experiência dos pais no cuidado dos filhos com paralisia cerebral. Rev. Eletr. Enf. [Internet]. 2013 jan/mar;15(1):138-45. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v15i1.13464. doi: 10.5216/ree.v15i1.13464.

Melo MAG, Quinto RC, Souza RB. Avaliação do perfil epidemiológico de pacientes com paralisia cerebral atendidos na APAE do município de Sobral – CE E análise cienciométrica sobre o assunto na literatura. Essentia, Sobral, v. 16, n. 2, p. 100-114, jan/jun. 2015.

Oliveira MF, Silva LM, Oliveira FT, Gomes TT. A qualidade de vida de cuidadores de pacientes com Paralisia Cerebral. J Health Sci Inst. 2013;31(4):421-4.

Polita NB, Tacla MTGM. Paralisia cerebral e apoio social às famílias. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem 18(1) Jan-Mar 2014.

Britto IT, Botelho SM, Lobo LC, Santos TF, Jesus MGR, Boery RNSO. Mães de crianças com paralisia cerebral vivenciando o diagnóstico. C&D-Revista Eletrônica da FAINOR, Vitória da Conquista, v.10, n.3, p. 436-450, set./dez. 2017.

Mello R, Ichisato SMT, Marcon SS. Percepção da família quanto à doença e ao cuidado fisioterapêutico de pessoas com paralisia Cerebral. Rev. bras. enferm. vol.65 no.1 Brasília Jan./Feb. 2012.

Salvador MS. Vivências do familiar no cuidado a crianças com doenças crônicas: subsídios para a prática da enfermagem. 2013. 97 f. Projeto de Dissertação (Mestrado em Enfermagem)- Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Rio Grande.

Dezoti AP, Alexandre AMP, Freire MHS, Mêrces NNA, Mazza VA. Apoio social a famílias de crianças com paralisia cerebral. Acta paul. enferm. vol.28 no.2 São Paulo Mar./Apr. 2015.

Gondim KM, Carvalho ZMF. Sentimentos das mães de crianças com paralisia cerebral à luz da Teoria de Mishela. Esc. Anna Nery vol.16 no.1 Rio de Janeiro Mar. 2012.

Almeida TCS, Ruedell AM, Nobre JRS, Tavares K. Paralisia Cerebral: Impacto no Cotidiano Familiar. Revbrasci Saúde 19(3):171-178, 2015.

Costa EMA, Pinto NMA, Fiúza ALC, Pereira ET. Paralisia cerebral e cuidado. O que muda na vida de quem cuida?.Oikos: Revista Brasileira de Economia Doméstica, Viçosa, v. 24, n.1, p. 237-265, 2013.

Milbrath VM, Siqueira HCH, Motta MGC, Amestoy SC. Família da criança com paralisia cerebral: percepção sobre as orientações da equipe de saúde. Texto Contexto Enferm, Florianópolis, 2012 Out-Dez; 21(4): 921-8.

Camargos ACR, Lacerda TTB, Barros TV, Silva GC, Parreiras JT, Vidal THJ. Relação entre independência funcional e qualidade de vida na paralisia cerebral. Fisioter Mov. 2012 jan/mar;25(1):83-92.

Silva XC, Brito ED, Souza FS, França ISXF. Criança com paralisia cerebral: qual o impacto na vida do cuidador?. Rev. Rene, vol. 11, Número Especial, 2010. p. 204-214.

Moretti GS, Moreira KA, Pereira SR. Qualidade de vida dos cuidadores de crianças com paralisia cerebral. RevBrasPromoç Saúde, Fortaleza, 25(1): 30-36, jan./mar., 2012.

Marques JM, Sá LO. A alimentação da criança com paralisia cerebral: dificuldades dos pais. Revista de Enfermagem Referência - IV – n.º 11 – 2016.

Lima ML, Santos JLF, Sawada NO, Lima LAP. Qualidade de vida de indivíduos com acidente vascular encefálico e de seus cuidadores de um município do Triângulo Mineiro. Rev. bras. epidemiol. 17 (02) Jun 2014.

Lemos ACO, Katz CRT. Cárie dentária em crianças com paralisia cerebral e sua relação com a sobrecarga dos cuidadores. Arq. Odontol. vol.52 no.2 Belo Horizonte Abr./Jun. 2016.

Lima PM, Sousa KF, Barbosa LARR, Almeida MFSL, Oliveira CC, Souza RP, Palma ABO. Qualidade de vida dos cuidados de pessoas com necessidades especiais neuropsicomotoras. Revista Intercâmbio - vol. VII - 2016 / ISSN - 2176-669X.

Barbosa DC, Sousa FGM, Silva ACO, Silva IR, Silva TP, Paiva MCM. Sobrecarga do cuidador materno à criança com condição crônica. CogitareEnferm. 2012 Jul/Set; 17(3):492-7.

Oliveira LB, Dantas ACLM, Paiva JC, Leite LP, Pereira PHL, Abreu TMA. Recursos fisioterapêuticos na paralisia cerebral pediátrica. Ano 2, n° 2, abr. / set. 2013.

Downloads

Publicado

2019-01-27

Como Citar

1.
Silva GG da, Romão J, Andrade EG da S. Paralisia Cerebral e o impacto do diagnóstico para a família. Rev Inic Cient Ext [Internet]. 27º de janeiro de 2019 [citado 12º de agosto de 2022];2(1):4-10. Disponível em: https://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/131

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>