Academia ao ar livre como estratégia para a promoção de saúde da população da terceira idade

Resumo

A velhice é uma etapa vital que, atualmente vem sendo prolongada, mas, as limitações interferem na qualidade de vida do idoso em frente a alguns desafios, como a perda progressiva de aptidões físicas e capacidade funcional; aumentando o risco do sedentarismo, que limita a capacidade do idoso para realizar, com vigor, as suas atividades do cotidiano e colocam em maior vulnerabilidade a sua saúde e aptidão física. No objetivo buscou-se compreender e analisar a contribuição das academias ao ar livre como estratégias para a promoção da saúde e qualidade de vida de usuários e para a população da terceira idade. Como método de estudo optou-se por pesquisa bibliográfica qualitativa de forma descritiva. Identificou-se que no sentido de uma “Promoção do Envelhecimento Saudável”, a academia ao ar livre pode contribuir para com essas mudanças ajudando a prevenir doenças, a viver com qualidade, manter o organismo saudável e mais jovem do que aponta a idade cronológica, mesmo com a existência de algum problema de saúde.

Descritores: Terceira Idade; Promoção da Saúde; Academia ao ar Livre; Exercícios Físicos.

Publicado
2018-07-20
Como Citar
1.
Ramalho R, Santos O, Paraízo G, Nunes C, Moraes Filho I. Academia ao ar livre como estratégia para a promoção de saúde da população da terceira idade. REIcEn [Internet]. 20jul.2018 [citado 12dez.2018];1(Esp):183-92. Available from: http://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/73

##plugins.generic.recommendByAuthor.heading##