Fatores que interferem na prevenção do câncer de próstata e o papel da enfermagem: revisão literária

  • Márcia Oliveira Coelho
  • Jordan Barros da Silva

Resumo

A presente pesquisa tem o objetivo de avaliar os fatores que interferem na prevenção dessa neoplasia e o papel da enfermagem nesse processo, propondo medidas para uma melhor avaliação desse contexto por parte dos profissionais de saúde. Trata-se de uma pesquisa qualitativa com caráter descritivo do tipo revisão de literatura realizada em maio de 2018, onde utilizou-se 12 artigos científicos postados em base de dados (Medline, Scielo,Biblioteca Virtual de Saúde) publicados nos anos de 2013 a 2018 que tinham as palavras chave: câncer de próstata, saúde do homem, toque retal, enfermagem. Foram excluídos artigos publicados em anos anteriores ao período estabelecido, que não se relacionavam à temática de saúde do homem ou incompletos. Os principais fatores identificados que dificultam a prevenção foram o medo da dor, constrangimento, fatores culturais, dificuldade de acesso aos serviços de saúde, falta de informação e de conhecimento sobre o assunto. O papel da enfermagem identificado nesse contexto é de adotar medidas de educação em saúde (campanhas, palestras, divulgação), ter capacitação para atender essa população de maneira integral e humanizada, desmistificar medos e preconceitos e tornar acessível o atendimento. Conclui-se que muitas coisas precisam ser aprimoradas para um atendimento integral à saúde do homem, e para isso os profissionais de saúde devem trabalhar de maneira articulada e sistemática a fim de mudar essa realidade.

Descritores: Câncer de próstata; Saúde do homem; Toque retal; Enfermagem.

Publicado
2018-07-03
Como Citar
1.
Coelho M, Silva J. Fatores que interferem na prevenção do câncer de próstata e o papel da enfermagem: revisão literária. REIcEn [Internet]. 3jul.2018 [citado 12dez.2018];1(Esp):175-82. Available from: http://revistasfacesa.senaaires.com.br/index.php/iniciacao-cientifica/article/view/70